18 perguntas e respostas sobre fios de sustentação

1. O que são fios de sustentação?

Os fios de sustentação são suturas feitas de material biocompatível utilizadas para o tratamento de flacidez, marcas de expressão e sulcos no rosto e pescoço. Implantados em pontos específicos, eles proporcionam um efeito “lifting” imediato.

Além de suspender a pele, os fios também combatem o envelhecimento de outra maneira: estimulam a produção de colágeno no local, firmando a pele e conseguindo um rejuvenescimento facial contínuo e progressivo.

2. Para quem os fios de sustentação são indicados?

Os fios de sustentação estão indicados para pessoas acima de 30 anos que apresentam flacidez leve a moderada e não apresentam excesso de gordura na região a ser tratada. Os resultados também são melhores quando a pele não é excessivamente fina ou grossa.

3. Quais são as contraindicações dos fios de sustentação?

O procedimento é contraindicado em pessoas com doenças autoimunes como o lúpus eritematoso sistêmico, por exemplo, ou com uma infecção no local.

4. Quais são os tipos de fio de sustentação?

Existem dois tipos principais de fios de sustentação absorvíveis:

  • PDO (polidioxanona): as opções mais conhecidas de fios de PDO no Brasil são o i-THREADⓇ e o MiracuⓇ. Os efeitos do tratamento duram de 6 a 8 meses.
  • Ácido polilático: o fio de ácido polilático mais conhecido é a Sutura SilhouetteⓇ. Eles são compostos por uma ou duas agulhas, e um filamento que pode possuir pequenos cones para ancoragem.

    O ácido poliláctico é o mesmo material do SculptraⓇ, um bioestimulador utilizado para rejuvenescimento facial. Esses fios são indicados para melhorar os contornos do rosto, como a linha da mandíbula e das bochechas, para elevar as sobrancelhas, tratar a flacidez no pescoço e na papada. São resistentes, têm absorção mais lenta e seus efeitos duram em torno de um ano e meio.

5. Qual a vantagem dos fios de sustentação?

Para muitos pacientes, a maior vantagem de optar pelos fios de sustentação é o fato de o procedimento ser pouco invasivo e ter um tempo de recuperação muito menor que o de uma cirurgia plástica.

6. Os fios de sustentação são utilizados para tratar quais áreas?

Os fios de sustentação podem ser utilizados nos seguintes locais:

7. Como é feita a colocação dos fios de sustentação?

O primeiro passo do procedimento é a anestesia local nos pontos de entrada e saída na pele, onde são feitas pequenas aberturas. A seguir, a agulha é introduzida até o plano profundo e deslocada até o ponto final do trajeto planejado. A tração desejada é aplicada e as pontas do fio são cortadas para que ele fique abaixo da pele. Podem ser colocados de 4 a 8 filamentos, dependendo do grau de flacidez.

8. O procedimento para colocar fios de sustentação dói?

A colocação dos fios de sustentação não dói, uma vez que é utilizada anestesia para aplicação. No entanto, nos primeiros dias após o procedimento, é comum sentir um pouco de incômodo na região.

9. Como é a recuperação dos fios de sustentação?

Enquanto alguns pacientes podem sentir um pouco de dor, vermelhidão e inchaço logo após a aplicação dos fios de sustentação, a maioria não sente nada e pode retornar ao trabalho imediatamente.

Contudo, nos dias seguintes, são necessárias algumas precauções, como dormir de barriga para cima, não fazer expressões faciais exageradas e não esfregar o rosto por pelo menos uma semana após o procedimento. Além disso, recomenda-se não praticar esportes durante esse período.

10. Qual o resultado dos fios de sustentação?

É importante salientar que o resultado obtido com os fios de sustentação não pode ser comparado ao de uma cirurgia plástica de lifting facial.

Os fios foram desenvolvidos como uma opção minimamente invasiva para tratar a flacidez, porém seu poder de tração da pele é limitado. Os resultados do procedimento são ótimos, quando os fios são posicionados nos locais adequados e ancorados corretamente aos tecidos.

11. Quando aparecem os efeitos dos fios de sustentação?

Seus efeitos podem ser observados logo após o procedimento, contudo, o efeito final é atingido após 40 a 60 dias.

12. Quanto tempo duram os fios de sustentação?

Os resultados de fios de sustentação podem durar de 12 a 24 meses, variando conforme o paciente.

13. Fios de sustentação são indicados para homens?

Sim, tanto homens quanto mulheres podem utilizar os fios de sustentação para fins estéticos.

14. Fios de sustentação e lifting são a mesma coisa?

Não, os fios de sustentação consistem em um procedimento não invasivo enquanto o lifting é uma cirurgia plástica. Os efeitos são similares, mas os dos fios de sustentação são mais suaves.

15. Fios de sustentação servem para rejuvenescimento facial?

Os fios de sustentação podem ser um dos procedimentos indicados por um dermatologista para que o rosto pareça mais jovem.

16. Fios de sustentação podem dar errado?

Todo procedimento estético está sujeito a problemas, seja pela forma como os fios foram aplicados ou pela resposta do seu organismo, o resultado pode não ser o esperado.

O mais importante é contar com um dermatologista de confiança e conversar com ele sobre o que você espera do procedimento.

17. Os fios de sustentação podem ser revertidos?

Sim, é possível reverter o procedimento de fios de sustentação, caso o resultado não seja o esperado.

18. Os fios de sustentação são permanentes?

Não. Apesar de existirem marcas de fios que não são absorvíveis, estes são cada vez menos utilizados. Em geral, usamos fios com que materiais biocompatíveis, e com o tempo os fios são absorvidos pelo organismo e os efeitos desaparecem.

Saiba mais sobre fios de sustentação:

No mais, caso você tenha mais dúvidas sobre o assunto, agende uma consulta comigo! Juntos, vamos pensar em uma boa solução para o seu caso, combinado?

Um abraço, e até a próxima!

Fábio Gontijo - Doctoralia.com.br

CNPJ: 25.188.672/0001-01

Todos os direitos reservados a Clínica Fábio Gontijo. Desenvolvido por Agência Salt.