A papada, também conhecida como gordura submentoniana ou queixo duplo, é uma condição muito comum. Ela ocorre quando uma camada de gordura se forma abaixo do queixo. Geralmente, está associada ao excesso de peso, envelhecimento ou ainda fatores genéticos.

Para saber tudo o que precisa sobre ela, basta renovar o café e continuar comigo!

O que causa a papada no pescoço?

Um “queixo duplo” pode ser causado por vários fatores, como expliquei acima. Porém, é importante que você entenda exatamente por que ela se forma. Assim, fica mais fácil evitá-la e, claro, saber como se livrar dela. Vamos lá?

1. Envelhecimento

Com o passar dos anos, nossa pele (principalmente das bochechas e abaixo da linha da mandíbula) perde uma quantidade significativa de colágeno e elastina.

O colágeno, a título de curiosidade, é uma proteína que compõe o tecido conjuntivo do corpo e tem como principal função sustentar a pele e suas estruturas. A elastina, por sua vez, é outra proteína que permite que a pele tenha maior firmeza e elasticidade, retornando à sua forma normal mesmo depois de esticada.

No mais, na medida em que essas proteínas são perdidas, a pele vai ficando mais flácida, contribuindo não só para o surgimento da papada mas, também, para outros sinais desagradáveis da idade como o bigode chinês e as linhas de marionete, por exemplo.

2. Variações no peso

Embora o ganho de peso nem sempre seja a causa de um queixo duplo, ele pode contribuir para isso. Uma dieta rica em carboidratos e alimentos processados pode contribuir para ganho de alguns quilos e, consequentemente, da papada também.

Além disso, o oposto também pode acontecer. Veja bem: quando você ganha peso, concorda que a pele tende a se estender para cobrir o aumento da massa corporal? Pois é. Então, se você perde MUITO peso, essa pele, antes esticada, pode acabar cedendo e formando a papada.

3. Genética

Qualquer pessoa com um histórico familiar de flacidez ou gordura submentoniana pode acabar desenvolvendo a papada.

4. Má postura

A má postura pode enfraquecer os músculos do pescoço e do queixo, contribuindo para a papada ao longo do tempo. Isso acontece porque a pele ao redor dessa região acaba perdendo sua elasticidade, já que seus músculos não estão sendo trabalhados da forma como deveriam.

5. Outros

Existem alguns fatores que, apesar de não contribuírem DIRETAMENTE para o surgimento da papada, podem aumentar os riscos para a formação desta.

Exemplos como a exposição ao sol, o tagabismo, a desidratação podem desencadear no queixo duplo. Afinal, a maioria destes faz com que a pele perca um pouco de colágeno e elastina, ficando mais flácida.

Além disso, o uso excessivo de celulares (que fazem com que você olhe muito para baixo) e a repetição frequente de algumas expressões e movimentos faciais também costumam a contribuir não só para a papada, como para a permanência constante desta.

Tratamentos para papada

Existe uma série de opções que podem eliminar o queixo duplo. A maioria é bastante acessível e simples. As principais são:

  • Lipo Enzimática: uma alternativa menos invasiva à lipoaspiração. Essa técnica reduz a gordura localizada na região da papada através da aplicação de enzimas lipolíticas por meio de agulhas extra-finas. Elas dissolvem as moléculas de gordura rapidamente (3 a 5 minutos).
  • Dieta e exercícios: se o seu queixo duplo é provocado pelo ganho de peso, perdê-lo é o primeiro passo para melhorar o aspecto do queixo! A melhor maneira de fazer isso, como você já sabe, é praticar exercícios regularmente (pelo menos 30 minutos por dia) e manter uma dieta saudável.
  • Lipoescultura: trata a papada removendo a gordura localizada nesta por meio de sucção. Porém, essa técnica não devolve a elasticidade à pele.
  • Ultrassom micro e macro focado: mais recente inovação no tratamento da flacidez, o Ultraformer® elimina gordura e firma a pele em apenas uma sessão anual.
  • Radiofrequência: está indicado em casos mais leves de flacidez ou como complemento a outros tratamentos. Geralmente são necessárias 2 a 6 sessões para se obter o efeito desejado.

Menções honrosas

Existem algumas alternativas para a papada que têm artigos inteiramente dedicado a elas. Para não prolongarmos demais essa bate-papo, vou deixar os links para cada uma delas aqui embaixo, combinado? Veja só:

E xô, papada!

A papada não precisa ser o fim do mundo! Existem várias opções para acabar com ela e com as outras pequenas “chatices” que surgem com o passar dos anos como a flacidez, rugas e acne da mulher adulta.

Viu como é simples acabar com a papada? Para saber qual é a melhor opção para o seu caso, que tal bater um papo comigo? É só agendar uma consulta que, juntos, vamos decidir qual técnica usaremos para diminuir seu queixo duplo!

Pode vir que estou te esperando!

Fábio Gontijo - Doctoralia.com.br

CNPJ: 25.188.672/0001-01

Todos os direitos reservados a Clínica Fábio Gontijo. Desenvolvido por Agência Salt.