O excesso de pele alguns dias/meses após a bariátrica, especialmente em regiões do corpo como barriga, braços e costas, é praticamente inevitável. Isso acontece, principalmente, porque o paciente perde uma quantidade significativa de peso após o procedimento, fazendo com que a pele não acompanhe esse ritmo na mesma velocidade. O resultado, então, é a flacidez.

Para algumas pessoas, esse tipo de “consequência” é quase um troféu, indicando que um desafio como a perda de peso foi conquistado. No entanto, isso não impede que haja, em algum momento, um certo incômodo com esse processo, especialmente no que diz respeito a usar roupas de banho ou blusas/camisas sem manga.

A boa notícia é que existem diversas alternativas pouquíssimo invasivas que objetivam diminuir a flacidez da pele nessas regiões de forma segura, discreta e eficaz. Quando você combina todas as opções que listarei ao longo desse bate-papo com os exercícios físicos, então, os resultados tendem ser ainda mais satisfatórios!

Para saber, então, como diminuir o excesso de pele após uma bariátrica, continue comigo.

1. Ultraformer® (ultrassom micro e macro focado)

Vocês acharam que eu não ia mencionar o Ultraformer® hoje, né? Considerada uma das tecnologias mais eficazes do mercado da estética, essa técnica utiliza ondas sonoras micro e macrofocadas diretamente na pele, afetando suas camadas mais profundas.

Esse processo faz com que as células teciduais se aqueçam em alguns pontos, fazendo com que o músculo atingido se contraia. Tal efeito faz com que a produção de colágeno na região seja incentivada e acelerada, tornando a pele mais firme e elástica naturalmente.

O procedimento é simples, prático e indolor, levando cerca de 30/40 minutos para ser realizado. Vale ressaltar, ainda, que ele não exige internação e muito menos repouso. Para se ter ideia, o paciente pode retornar às atividades comuns do dia logo após a consulta.

Seus resultados costumam ser notados a partir do primeiro mês após a sessão, atingindo o seu ápice após 8 semanas.

Para saber mais sobre o Ultraformer® e, claro, entender como ele pode ser útil para eliminar a flacidez da pele após uma perda significativa de peso, leia o artigo abaixo:

Ultraformer: tudo que você precisa saber sobre ultrassom micro e macrofocado

2. Radiofrequência

A radiofrequência é, também, uma excelente opção para lidar com os resultados estéticos de uma cirurgia bariátrica, especialmente quando o assunto é pele flácida. Aqui, o especialista conta com um aparelho que emite correntes de alta frequência em altas temperaturas (geralmente, 42 °C máx.). O objetivo desse efeito é estimular a produção de colágeno na região e, ainda, acelerar o metabolismo das células de gorduras localizadas e promover uma drenagem linfática onde é emitida, diminuindo o inchaço e reduzindo as toxinas dos tecidos atingidos.

O procedimento é simples e prático, não exigindo “prés e pós-operatórios mirabolantes” e durando cerca de 30/40 minutos. Seus resultados são notados a partir da 3ª sessão e o número de consultas varia de acordo com as necessidades e objetivos de cada paciente.

3. CMSlimⓇ

O CMSlimⓇ é um tratamento interessante para a flacidez, ainda mais porque conta com uma tecnologia extremamente inovadora. Aqui, o aparelho estimula a atividade muscular por meio de ondas eletromagnéticas, simulando movimentos similares àqueles que realizamos durante agachamentos ou abdominais.

O mais impressionante, aqui, é que uma sessão de 30 minutos dessa técnica provoca um efeito parecido ao de 20 mil repetições sem que a pessoa faça um movimento sequer.

Para se ter ideia, é possível reduzir até 19% de gordura corporal e aumentar a espessura muscular em aproximadamente 15%! Agora, para ter um resultado satisfatório como esse, a recomendação é de pelo menos 8 sessões, com duas a cada semana.

No mais, caso você queira se aprofundar mais sobre o assunto, leia o artigo abaixo:

CMSlim®: saiba tudo sobre a tecnologia que promete um corpo definido sem esforço físico.

E, por fim, algumas menções honrosas…

Existem, ainda, algumas opções de tratamentos para a flacidez que, a depender do caso, podem funcionar bastante para o paciente. São eles:

  • ácido poli-L-láctico (Sculptra®) – consiste em injeções dessa substância que, quando aplicada nas camadas mais profundas da pele, estimula a produção de colágeno;
  • fios de sustentação – são suturas feitas de material biocompatível que, quando aplicadas na derme, proporcionam um “efeito lifting” natural e discreto. Além disso, também estimulam a produção de colágeno na região, deixando o tecido mais firme e elástico;
  • abdominoplastia – é um procedimento cirúrgico que retira o excesso de pele e gordura do abdômen, recuperando a firmeza dos músculos da região e melhorando a aparência desta.
Fábio Gontijo - Doctoralia.com.br

CNPJ: 25.188.672/0001-01

Todos os direitos reservados a Clínica Fábio Gontijo. Desenvolvido por Agência Salt.