O “bigode chinês” ou sulcos nasolabiais nada mais é do que marcas de expressão que se formam da lateral das narinas descendo ao canto da boca. Essas marcas deixam vincos, um em cada lado da boca, se assemelhando ao bigode dos chineses que vemos em filmes.

Descubra agora cinco fatos sobre o bigode chinês.

Quais as causas do bigode chinês?

O bigode chinês ocorre principalmente por conta da perda de gordura e elasticidade da pele ao redor da boca. Com isso, as maçãs do rosto ficam sem volume se deslocando para baixo e formando essas marcas. .

A perda de colágeno, comum com o envelhecimento, também agrava o problema fazendo com que as rugas nessa região fiquem mais aparentes.

O que causa o bigode chinês?

Os sulcos nasolabiais são causados especialmente pela flacidez da pele. A partir dos 30 anos a pele vai perdendo sua elasticidade, evidenciando essas rugas.

Outros fatores que favorecem o problema é a estrutura facial e a perda de peso excessiva e em pouco tempo. Alguns tipos de pele e fatores genéticos também podem contribuir para o aparecimento do bigode chinês.

É possível evitar o aparecimento do bigode chinês?

O aparecimento dessas marcas faz parte do processo natural de envelhecimento do ser humano e é impossível evitá-las. No entanto, alguns hábitos ajudam atenuar ou retardar o aparecimento precoce dessas rugas, como:

  • Usar protetor solar diariamente e mais de uma vez por dia;
  • Manter uma alimentação alimentar equilibrada, evitando açúcar e gordura;
  • Beber bastante água, para manter a pele sempre hidratada;
  • Incluir a atividade física na rotina diária;
  • Ter uma boa noite de sono;
  • Evitar fumar, pois além de contribuir para o aparecimento do bigode chinês é uma das principais causas de outro tipo de ruga, conhecidas como código de barras, que são aquelas que aparecem no bulço.

Quais os procedimentos ajudam a acabar com o bigode chinês?

Atualmente existem no mercado vários procedimentos que ajudam a amenizar essas marcas. Os mais utilizados são: preenchimento com ácido hialurônico, fios de sustentação, bioestimuladores, ultrassom, radiofrequência, subcisão e em alguns casos  até mesmo a cirurgia.

Existe um tratamento ideal para eliminar o bigode chinês?

A medicina não é como a matemática onde dois mais dois é igual a quatro. Portanto, não existe um tratamento ideal para todas as pessoas e cada caso deve ser avaliado individualmente.

Após uma consulta com um especialista ele vai avaliar seu tipo de pele e o procedimento mais adequado para você, que trará os melhores resultados. Portanto, não acredite em fórmulas milagrosas e prontas que você vê por aí!

Ainda ficou em dúvida sobre o bigode chinês? Clique aqui e saiba mais sobre ele ou agende uma avaliação comigo que juntos vamos pensar em uma solução ideal para o seu caso.

Fábio Gontijo - Doctoralia.com.br

CNPJ: 25.188.672/0001-01

Todos os direitos reservados a Clínica Fábio Gontijo. Desenvolvido por Agência Salt.